Renata Bicalho 

Escritora

Ensinamentos do yoga mostram uma relação entre os chakras e os ciclos de 7 anos em nossas vidas.

O primeiro ciclo, que começa no nascimento, estaria ligado ao primeiro chakra, e os ciclos seguintes se ligariam aos próximos chakras, em ordem.

Desta forma, teríamos 49 anos, 7 x 7, de experiências únicas, cada ciclo influenciado pela energia sutil do seu correlato chakra.

De forma resumida, do nascimento aos 7 anos, e depois dos 50 aos 56, seriam as temporadas do chakra base, o primeiro, Muladhara, ligado à energia da força da vida, à conexão com a Terra, ao mundo material, à estabilidade, às raizes, e aos novos começos.

Dos 8 aos 14 anos, e depois dos 57 aos 63, seriam os ciclos influenciados pelo segundo chakra, Svadisthana, relacionado à sexualidade, à criatividade, ao entusiasmo, ao teste de limites.

Dos 15 aos 21 e depois dos 64 aos 70 anos de idade, seriam os períodos influenciados pelo terceiro chakra, do plexo solar, Manipura, relacionado ao desenvolvimento da personalidade e dos sentimentos, à sabedoria, à expansão e a possibilidades ilimitadas.

Dos 22 aos 28 anos, e depois dos 71 aos 77, seriam os ciclos do quarto chakra, do coração, Anahata, quando o amor, a compaixão, o desenvolvimento de capacidades de cura de si mesmo e dos outros e a vontade de ajudar na cura do planeta estão despertos em nós.

Dos 29 aos 35 e depois dos 78 aos 84 anos de idade, seriam os períodos influenciados pelo quinto chakra, o da garganta, Vishuddha, ligado à comunicação, à expressão individual, à inspiração, à independência, à abertura a um desenvolvimento superior em busca da sabedoria.

Dos 36 aos 42, e dos 85 aos 91 anos, seriam os momentos influenciados pelo sexto chakra, Ajna, relacionado ao reconhecimento dos sentidos mais sutis, como a clarividência, a intuição, a vivência de experiências profundas de vida e a responsabilidade.

Por fim, dos 43 aos 49, e dos 92 aos 98 anos de vida, seriam as temporadas influenciadas pelo sétimo chakra, Sahasrara, tempos de trabalho interior, unidade, iluminação, transição espiritual interior, contemplação, meditação.

A relação de influencia entre esses ciclos de 7 em 7 anos e a energia sutil dos respectivos chakras correlatos pode nos ajudar a entender nosso desenvolvimento pessoal, e nos apontar caminhos para equilibrar ou até estimular nossos chakras.

Fonte: The Chakra Bible, by Patricia Mercier

 

%d bloggers like this: